sábado, 19 de setembro de 2009

O medo.

Da WIKIPEDIA: «O medo é um sentimento que proporciona um estado de alerta demonstrado pelo receio de fazer alguma coisa, geralmente por se sentir ameaçado, tanto fisicamente como psicologicamente.»

Os recentes "ataques" paquidérmicos a alguns deputados e dirigentes do Bloco de Esquerda sobre os PPR's (que nunca defendeu que se acabasse com eles mas sim com os seus benefícios fiscais - talvez assim os bancos os tornassem mais atractivos do que são hoje em dia...) e a forma como PS, PCP e PP ficam contentitos com essas "notícias" (o PSD está demasiado preocupado na sua autofagia para pensar nisto...) mostram exactamente o medo que existe em certos sectores da nossa sociedade em relação ao crescente apoio ao BE.

E não percebem que estão a fazer um favor ao BE. Não percebem nada e nada.
E ainda bem.

Também é fácil perceber de onde partem essas coscuvilhices típicas de uma campanha à "americana": lançar poeira para o ar, espalhar a confusão, dizer mal dos adversários e ver o que sobra. Mas nos não estamos nos EUA - aliás nem por lá resultou...felizmente.

Enquanto uns brincam às estratégias para não discutir nada, o BE continua o seu caminho.

Como li num livro do Lucky Luke quando tinha 8 anos: «Os cães ladram e a caravana passa»

Sem comentários: