quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Nem consigo dar um título a isto...

Há nove anos atrás, em 2001, o Visões Úteis não teve apoio financeiro do Ministério da Cultura por culpa de um concurso de contornos obscuros promovido por gente sem carácter que na altura pululava pelos gabinetes do extinto IPAE... O VU e mais uma dezena de companhias de teatro puseram o MC em tribunal. O processo foi ganho e o concurso foi anulado e considerado ilegal. Ainda assim o mal estava feito e fomos prejudicados em dezenas de milhares de euros ao longo dos anos que se seguiram por via de renovações automáticas sem concurso - muito "à portuguesa".
Ontem soubemos o valor da indemnização que o MC nos vai ter que dar...
Nunca pensámos em ficar ricos. E a arte e a criatividade não se medem só em Euros...
Mas uma indemnização de 1000 euros por vários anos de provada injustiça por causa de um concurso declarado ilegal pela Justiça... é um insulto. Mais um.

Sem comentários: