quarta-feira, 24 de setembro de 2008

O Mon$tro

O mercado financeiro está em crise e o mundo treme de medo. O mercado financeiro quer dinheiro real para cobrir o dinheiro que afinal não existia.
Os bancos não confiam uns nos outros. O mercado financeiro desconfia de todos.
Pelos vistos há um monstro glutão que fica com tudo e não dá garantias de nada. Os especialistas pedem dinheiro aos Estados. E os Estados dão esse dinheiro.
"Ora quanto é que vai ser?" "Um milhão, 10 milhões... mil milhões?" "Se quiser mais também se arranja." "Ora muito bem... setecentos mil milhões para o senhor com diarreia na mesa do fundo."
E o Sr. John Doe, o Sr Hang, o Sr Fritz e o Sr Silva sem saberem bem porquê, apressam-se a dar algum dinheiro para ajudar a pagar a despesa do Sr mau que está na mesa do fundo... nem que para isso deixem de pagar a prestação da casa e a propina do filho.
Mas o Monstro treme... se calhar há uns senhores que não vão querer pagar a conta - dizem eles que é imoral, que é preciso mudar o sistema - e também treme porque desconfia que a conta ainda vai ser maior... Que fazer?

opção 1 - confiar nos especialistas que já leram muitos livros e fizeram muitas contas e... pagar a conta do Sr Monstro esperando que a comida lhe caia bem e se retire por uns tempos.

opção 2 - não confiar nos especialistas - que afinal são os mesmos que nos meteram nestes trabalhos e quem vai ficar com o dinheiro que agora nos pedem - e esperar que alguém nos explique quais são as reais consequências da crise e se não será mais barato pagar as consequências dela (e tirar uma valiosa lição...) do que perpetuar um mercado que claramente não funciona e que se o deixarmos crescer se tornará um monstro cada vez maior e com mais apetite.

A escolha é difícil: é entre manter o status quo, viver com medo por uns tempos e rezar para que a coisa não expluda no nosso turno, ou... fazer uma detonação controlada, lamber as feridas e não voltar a deixar crianças brincar com explosivos.
Eu escolho a montra "opção 2".

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Estupidez v.1.03

Em Portugal não há cartelização...
A BP, a Repsol e a Galp sobem os preços uns a seguir aos outros mas é só o mercado a funcionar...
A Vodafone e a TMN (pelo menos) têm pacotes de banda larga pré-paga e mensal com os equipamentos ao mesmo preço, promoções iguais e tarifários idênticos mas é só o mercado a funcionar...
Bolas!
P#t@ p'ró mercado.
Este país é impagável. E se calhar há uma cartelização de opiniões sobre isto.
...É melhor pôr a desautoridade da concorrência a investigar...

Estupidez v.1.02

O preço do petróleo desce mas os senhores do cartel não descem o preço da gasolina em conformidade. Dizem eles que o preço desce mas o Euro está mais fraco...
Boa!
Mas quando o petróleo subiu quase aos 200 dólares e o Euro estava mais forte o argumento da comparação dos dois valores não servia porque, tipo... coisa e tal... estão a ver?
Pois é...
Todos os porcos são iguais mas há uns mais iguais do que os outros.

Estupidez v.1.01

O PS vai votar contra a proposta de "legalização" dos casamentos homossexuais porque "não faz parte do programa de governo", entre outras razões (esta última parte acrescentei eu porque quero acreditar que existem outras razões - igualmente burras - mas mais fundamentadas).
E o aumento do IVA fazia parte do programa de governo? E o aumento do desemprego? E... o 1% do orçamento de estado para a cultura não fazia parte desse programa?
Como diz um grafitti num muro do Porto: Contem-nos mentiras novas...
Não façam é de nós estúpidos.
Eu acredito que o PS irá mais tarde ou mais cedo propor uma lei igual ou parecida mas porque não aprovar a lei agora? Só votam a favor quando são eles a propor?
O que vale é que a direita está de rastos porque esta esquerda tem muito que mudar...

sábado, 13 de setembro de 2008

Alvão

Estou num hotel mesmo na bordinha do Parque Natural do Alvão. Da janela do meu quarto vejo um vale com um riacho ao fundo, caminhos pedestres e a Lua Cheia a nascer mesmo ao lado do monte da Senhora da Graça. Come-se bem, não há barulho, e a rede 3G funciona às mil maravilhas. A companhia é a mesma de há cerca de 15 anos...
Se não estivesse em trabalho era perfeito.

sábado, 6 de setembro de 2008

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Se eu fosse um meliante...

Meliante eu - Onde estão os maiores gatunos deste país?
Eu - Antigamente era no governo mas agora é na Galp, Repsol e BP.
Meliante eu - Portanto na gasolina... Onde se vende gasolina?
Eu - Nas bombas de gasolina.
Meliante eu - Então é aí que está a massa...
Eu - Tipo...
Meliante eu - Bóra lá roubar os gajos!
Eu - Assim!? De cara destapada?
Meliante eu - Tapamos a cara se quiseres mas olha que as câmaras de filmar dos gajos são uma m#rd%!
Eu - E como vamos? O meu carro está sem gasosa...
Meliante eu - Roubamos um dos bons pelo caminho... Bóra?
Eu - Porque não...

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

A demora...

O J. disse e eu acrescento: eu não escrevo sobre o Google Chrome enquanto não houver uma versão para Linux...

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Pequenino bang

Enquanto se espera para descobrir os segredos do Big-Bang no LHC...Por cá e por volta da mesma data aguarda-se com muita expectativa o pequenino bang de Manuela Ferreira Leite. Alvíssaras!!! O silêncio será quebrado: vai ser insuflado ar no vácuo que a rodeia e o som poderá finalmente propagar-se.
Aqui fica a minha previsão sobre a forma do discurso que nos encherá de esperança: entediante após a primeira décima de segundo.
Aqui fica a minha previsão sobre o conteúdo: vácuo.
O silêncio face aos problemas que nos afligem (sejam eles reais ou fruto de paranoias ou modas) é resultante da política de seriedade com que o PSD nos tenta agora iludir. A verdade é que este PSD, tal como aliás Cavaco Silva, se alimenta de tabús fabricados para esconder o vazio de ideias. A montanha pare sempre ratinhos. O problema é que às vezes as pessoas se contentam com isso mesmo...
Os políticos portugueses na sua generalidade são péssimos a motivar as pessoas e a apresentar ideias e este será certamente mas um momento alto de uma grande perturbação nos média para parcos resultados. Será aquilo a que no 'business' se chama um mau espectáculo.

Large Hadron Collider

No dia 10 de Setembro vai começar a funcionar o LHC. Para quem não sabe o que é um LHC está aqui um vídeo elucidativo... Resta dizer que está montada uma mega operação para os media e os olhos da comunidade científica estarão voltados para os arredores de Genebra. Eu que sou uma espécie de físico amador estou a aguardar com serenidade os resultados...